Ator juvenil Alan Pfeffer fala sobre sua carreira e expectativas no teatro

Iniciar na arte não é fácil, que diga Alan Pfeffer. O adolescente acaba de estrelar nos curtas do diretor Leon Borges, exibidos em janeiro deste ano no Cinesystem e já atuou em peças como: Status Atual, PlasticLand e Piratas a Bordo. Ele tem planos para este ano de continuar em cena nos teatros cariocas e cinemas.

Ator juvenil Alan Pfeffer fala sobre sua carreira e expectativas no teatro

Mas, para quem pensa que é fácil, ele que está no 1º ano do ensino médio do Colégio Santa Mônica unidade Taquara, conta que é preciso dedicação e incentivo familiar. Alan fala sobre sua rotina e seus estudos em teatro e dá dicas para quem, assim como ele, deseja ingressar no mundo das artes. Saiba mais.

No mundo das artes desde pequeno, foi aos dois anos que sua mãe já o iniciou em trabalhos publicitários, e, claro, a paixão foi gerada na infância. Logo aos seis anos de idade, iniciou os estudos como ator, modelo e músico e não parou mais.

Para Alan o mercado da arte no Brasil é difícil, mas não impossível. “É preciso querer muito e estudar sempre. Na minha rotina diária faço aulas com coaches, além de cursos de atualização, ao longo do ano, em média, cerca de 10 cursos. É importante também estar afiliado a uma agencia para ser direcionado em trabalhos”, comenta.

Alan conta sobre sua vida escolar. Ele que divide o tempo entre os estudos é agenciado pela Five Rio, acredita que tudo que se tem paixão envolvida, pode ser conciliado. Ele se considera um bom aluno, e administra seu tempo com os estudos e artes, e tem o apoio total dos pais, o que considera muito importante na construção de seus sonhos e projetos, até mesmo, dele como ser humano. São os pais que estão por traz de tudo. Seu pai o leva aos testes, o ajuda com as agendas e compromissos de ensaios e gravações, e sua mãe também dá incentivo o tempo todo.

Ator juvenil Alan Pfeffer fala sobre sua carreira e expectativas no teatro

O jovem acredita na arte e ama o que faz, mas, também tem interesse jogos e computadores e tem planos de ser programador, além de ator. Jovem, porém com personalidade forte, ele diz nunca desistir de nada que deseja e se vê realizando seus projetos profissionais com êxito total.

Para o ano de 2020, Alan tem novidades: irá iniciar aulas no Tablado, escola de artes que para ele é uma grande referência na formação de atores, além de continuar com seus trabalhos de coaches de interpretação, voz e canto, violão, dança e fonoterapia. Ainda este ano, o ator iniciará novo trabalho em um longa-metragem com os diretores Juliana Kieling e o Leon Borges e ainda fará um piloto de uma minissérie teen. Entre outras novidades que ainda não podem ser reveladas.

Alan finaliza dando dica para os jovens que assim como ele tem o sonho de atuar na área das artes “ Trabalhar como ator é muito legal, mas, tem seu lado difícil, como tudo na vida. É muita concorrência, poucas oportunidades e muita gente tentando uma oportunidade, em todos os testes. Mas se você se esforçar, estudar muito e não desistir com certeza vai conseguir atingir os seus sonhos. Nunca desista!”, finaliza.

Ator juvenil Alan Pfeffer fala sobre sua carreira e expectativas no teatro

Fechar Menu